A Arteche contribui com o Projeto Watay

31 May 2021
O Projeto Watay, uma nova rede de transmissão de 1.800 km que fornecerá eletricidade a comunidades remotas no norte do Canadá, conta com transformadores de potencial e transformadores para serviços auxiliares (PVT ou SSVT) da Arteche

O Projeto Watay (de Transmissão Wataynikaneyap) permitirá que várias comunidades remotas das Primeiras Nações, referindo-se aos povos indígenas, localizadas a noroeste de Ontário, sejam ligadas à rede elétrica. O projeto envolve a construção de uma nova rede de transmissão de 1.800 quilômetros, que atenderá 24 dessas comunidades isoladas para que cerca de 15.000 pessoas, que hoje contam apenas com a geração a diesel, sejam abastecidas com energia limpa confiável. 

O Projeto Watay

A nova rede de transmissão do Projeto de Transmissão Wataynikaneyap ligará estas comunidades, consideradas remotas por não ter acesso rodoviário durante todo o ano, à rede elétrica da província, garantindo a estabilidade de acesso à eletricidade. 

Em várias fases até 2023, serão construídos 1.800 km de linhas de transmissão, novas infraestruturas de distribuição e 22 novas subestações, com tensão entre 25 kV e 230 kV. 

Benefícios do projeto

Este projeto proporcionará acesso à energia limpa e confiável a milhares de moradores dessas comunidades isoladas e eliminará sua atual dependência da geração a diesel, que é economicamente insustentável, ambientalmente perigosa e incapaz de atender à toda a demanda de energia. 

Também evitará, nas próximas quatro décadas, a emissão de 6,6 milhões de toneladas de CO2, equivalente a 35.000 veículos fora da estrada. 

Além disso, o Projeto de Transmissão Wataynikaneyap, administrado diretamente pelas Primeiras Nações, gerará cerca de 800 empregos e aproximadamente 900 milhões de dólares em valor social, contribuindo assim para a sua prosperidade e autodeterminação econômica.

O compromisso da Arteche com o projeto

A Arteche fornece transformadores de potencial indutivo, transformadores de corrente e transformadores combinados do tipo seco de 25 kV e 44 kV, transformadores de corrente e de potencial capacitivo de óleo-papel de 115 kV e 230 kV e transformadores de potencial para serviços auxiliares isolados a gás (PVT ou SSVT) de 115 kV e 230 kV. Devido à localização remota e de difícil acesso, os transformadores PVT são ideais como fonte confiável e econômica de energia de baixa tensão para serviços auxiliares da subestação (equipamentos de controle e proteção, sistemas de segurança, etc.). Esses transformadores também podem ser usados como fonte de baixa tensão para aplicações de eletrificação rural ou em comunidades remotas e isoladas. 

A Arteche contribui com o Projeto Watay