Arteche participa numas jornadas sobre cibersegurança na rede elétrica

25/01/2019
Durante as jornadas “construindo uma rede elétrica mais cibersegura” foram dados a conhecer os resultados de SecureGrid, um programa para aumentar a segurança das subestações elétricas
Arteche participa numas jornadas sobre cibersegurança na rede elétrica

Decorreram ontem as jornadas “Construindo uma rede elétrica mais cibersegura”, durante as quais foram divulgados os resultados do projeto SecureGrid, em que participou o Grupo Arteche.

O projeto tinha como objetivo aumentar o nível de segurança das subestações elétricas na rede de AT/MT e do seu equipamento eletrónico, os Intelligent Electronic Devices (IEDs), cujas características e capacidades de comunicação remota os convertem em pontos críticos das Smart Grids frente aos ciberataques.

As novas tecnologias de cibersegurança e análise de dados desenvolvidas melhoram a segurança das subestações, garantindo assim uma maior disponibilidade de serviço.

SecureGrid

O projeto oferece uma solução interoperacional integral ao nível de subestação, especificando os requisitos mínimos da arquitetura ou possíveis arquiteturas de referência, os IED por tipologia e nível de securização requerida, e a solução necessária para assegurar a resiliência do sistema.

O trabalho serviu para definir uma arquitetura de referência, com base no paradigma de defesa em profundidade e de um modelo de cibersegurança para IEDs baseado no standard IEEE 1686, que estabelece o nível de segurança que pode alcançar um IED (básico, meio ou alto), e graças ao qual é possível definir que funcionalidades deve incorporar um equipamento para alcançar um determinado nível de segurança em termos de confidencialidade, integridade, disponibilidade e não rejeição.

O projeto contribuiu de forma substancial para o posicionamento da indústria basca como referente no âmbito da cibersegurança nas Smart Grids, um setor que tem experimentado grandes avanços, e que mantém uma importante expetativa de crescimento para os próximos anos.

Além de Arteche, participaram no evento organizado por ZIV as empresas GE, Ingeteam, ITS Security, Ormazabal e o Clúster de Energia e a colaboração de Tecnalia, e também Asier Martínez, Responsável do CSIRT no Centro Basco de Cibersegurança (BCSC) e representantes da Rede Elétrica de Espanha, Iberdrola, EDP e Endesa na qualidade de oradores, acompanhados pelas entidades participantes no projeto, que recebeu o apoio do Departamento de Desenvolvimento Económico e Infraestruturas do Governo Basco, através do Programa Hazitek.